Perfil da Blogueira

Minha foto
Juliane Oliveira
"Toda vez que você desiste de um sonho, é uma parte do seu futuro que deixa de existir!"
Visualizar meu perfil completo
Feeds RSS
Feeds RSS

12 abril 2010

Dança Comigo?

Ontem reassisti um filme que eu particularmente adoro Dança Comigo? o filme é espetacular e empolgador. Estou louca, morrendo de vontade de aprender a dançar um tango, ou melhor uma dança de salão, que realmente é muito bonito de se ver. Estou "montando" uma coreografia de tango com a musica que a Jeniffer Lopez e o Richard Gere dançam no filme. Lógico que nunca fiz aula de tango, mas no youtube existem vários vídeos que ensinam dos passos básicos até os mais avançados. Agora o unico problema é achar um par, já que meu namorado não gosta muito de dançar e também não gostaria que eu dançasse com outra pessoa. Beijão...

3 comentários:

*May Lopes disse...

Com um homem desses quem não dança neh?

Mas respondendo aquela perguntinha Juh...Força e equlíbrio nos pés é algo bem particular!Ela ter mais força para permanecer nas pontas,não é pela idade e sim talvez por facilidade,entende?
Pra ela deve ser mais fácil ficar nas pontas do que vc,mas não eh apropriadamente por ela ser mais nova!

XD

-Seu blog ta lindo como sempre!

Vítor Palmeiras disse...

Ju, vi seu comentário no blog da May.

Não entendo nada de baller, mas te afirmo, com certeza, que crianças tem maior facilidade sim para poder executar movimentos que pra nós adultos parecem impossíveis.

Te exemplifico com o tênis, os golpes são mais rapidamente aprendidos por crianças, pois não tem "vícios" de movimento, são mais flexíveis, as juntas mais "novas" e tudo mais. Além do que, nós adultos, sempre queremos colocar nosso jeitinho pra facilitar, a criança não, ela sempre executa as coisas de acordo com as ordens do professor.

Pense agora, comparando seu peso e o peso da moçinha. Não sei quanto você pesa, óbvio, mas fazendo uma comparação, é mais fácil equilibrar 25/30 kg na ponta do pé ou 50kg?

:D

Fique tranquila.

professora Renata Sanches disse...

Oi Juliane! Obrigada por postar no blog do ballet. Vou responder aqui para seus leitores e seguidores e vou postar no www.oblogdoballet.blogspot.com , ok?
Bem, como eu não conheço pessoalmente nem você e nem a menina de 10 anos fica um pouco difícil dizer EXATAMENTE o que está acontecendo. Pelo que você me contou vou tentar responder.
Aos 10 anos de idade e com 1 mês apenas de ponta essa garotinha provavelmente tem um físico que favorece muito para o ballet (colo de pé, força, peso etc.) além de um talento próprio dela, pois o que ela é capaz de fazer é incomum nessas circunstâncias. Uma criança não tem os medos que adultos têm para aprender coisas novas, isso ajuda, mas em se tratando de físico, a força muscular dela provavelmente seria menor do que a sua. Por isso, suponho também que ela faça ballet na meia ponta há alguns anos e faça com regularidade, 2 ou 3 vezes por semana, o que a deixou apta a iniciar na ponta com essa qualidade. Mas Ju, anime-se: ela é excessão! O normal é como vc: está começando, vai conseguir fazer apenas os exercícios da barra, vai sentir muita dor e não vai aguentar ficar muito tempo com as pontas nos pés no começo. Se você for assídua, vai conseguir ir para o centro com 2 ou 3 meses, dependendo do seu colo de pé. Uma dica: muitas vezes a aluna sente muita dificuldade e dor nas pontas porque a sapatilha que está usando não é a mais adequada para seu pé. Espere mais 1 ou 2 meses, se não melhorar tente outros formatos. Sua professora poderá ajudá-la nisso. Coragem! Ninguém falou que seria fácil, né? Beijos mil

Postar um comentário

Espaço para comentários e críticas.