Perfil da Blogueira

Minha foto
Juliane Oliveira
"Toda vez que você desiste de um sonho, é uma parte do seu futuro que deixa de existir!"
Visualizar meu perfil completo
Feeds RSS
Feeds RSS

13 abril 2010

Peixes + Aquario =

A luz esclarecedora do Sol


A primeira vista, pode parecer difícil que os aparentemente frios e mentais aquarianos tenham alguma coisa a ensinar a respeito de sentimentos aos sensíveis nativos de Peixes. Ou que os emotivos piscianos possam ser mais práticos do que os inteligentes aquarianos. Acontece que o Sol dos aquarianos ilumina a mais escondida das casas do mapa dos piscianos, que é a décima segunda. Por isso, eles conseguem compreender intuitivamente um lado da personalidade do parceiro que talvez nem ele mesmo conheça. Apenas com as suas atitudes naturais, os aquarianos fazem com que os piscianos entrem em contato com sentimentos e sensações que estão escondidos no inconsciente. Dependendo do grau de autoconhecimento dos dois e, principalmente, do respeito que cada um tenha pela privacidade do outro, essa capacidade tanto pode ser uma fonte de consolo como de perturbação. Já o Sol dos românticos piscianos ilumina a segunda casa do mapa dos aquarianos e acaba funcionando como uma ponte entre eles e a realidade. Sem fazer nenhum esforço, os piscianos vêem com clareza todos os recursos, sejam materiais, psicológicos ou espirituais, de que os aquarianos dispõem para lidar com a vida. Por tudo isso, se superarem as tensões cotidianas, a diferença de pontos de vista pode ser o ponto de partida para uma relação extremamente produtiva.

Sinastria do amor

Quando o peixe morre pela boca

O carisma e o encanto social dos aquarianos é em geral a primeira coisa que encanta os românticos piscianos. Mas o que a princípio é razão de admiração e encantamento pode acabar se transformando no maior empecilho para uma duração profunda e duradoura. As diferenças de opinião no que concerne às linhas éticas, filosóficas e/ou religiosas de ambos, podem se tornar motivo de aborrecimentos e pequenas irritações. Os interesses de ambos nem sempre coincidem, o que pode levá-los a prometer mais do que podem cumprir. A expectativa do aquariano, que o outro esteja sempre alegre e disposto a fazer exatamente o programa que ele (aquariano) quer esbarra na necessidade de silêncio e recolhimento do parceiro pisciano. Quem nasce no último signo do zodíaco espera que o companheiro funcione como uma bússola, como um fator de orientação importante nesse caminho que, pelo menos para quem olha de fora, parece incompreensível. Por isso, pelo menos no começo da relação, o pisciano faz a vontade do outro, mas, depois de um certo tempo, se vinga com uma crítica afiada que machuca o ego do aquariano. Há uma forte tendência de ambos se meterem em enormes discussões verbais, que nunca atingem uma conclusão definitiva. Mas quando os dois se fazem companheiros na grande viagem que busca o conhecimento e a espiritualidade, o que era problema se transforma em solução. E daí pode surgir uma das parcerias mais ricas do zodíaco...

Sinastria do trabalho

Uma questão de hierarquia...
Os conflitos que aparecem quando nativos de Aquário e de Peixes resolvem trabalhar juntos trazem para o claro um lado normalmente escondido da maneira de ser de cada um. Os aparentemente teóricos e objetivos aquarianos têm o signo de Peixes na casa em que avaliam a realidade e os recursos com que contam para enfrentá-la. Isso significa que são idealistas e esperam do trabalho muito mais do que simplesmente uma recompensa material. Além disso, como são regidos por Saturno, sabem lidar com o tempo e não suportam ser forçados a decidir uma coisa enquanto não tiverem absoluta certeza do que querem. Já os delicados e românticos piscianos têm o signo de Áries nessa mesma casa e, por isso, mostram na vida profissional um lado competitivo e voluntarioso que não aparece normalmente. Esta falta de sincronia pode transformar o cotidiano numa arena em que os dois egos disputam a supremacia. A questão aí é saber quem manda em quem. O pisciano vai agir de forma mais aberta e direta, enquanto o parceiro de Aquário é mais sutil e subliminar. O importante é tomar consciência do processo e respeitar a maneira de ser do outro.

Sinastria da amizade

A frieza que estraga o espetáculo
Nas, em geral fáceis, relações de amizade aparecem um dos elos mais difíceis de serem assimilados dentro de um relacionamento. Os aquarianos, porque têm Júpiter como regente da casa da convivência com os grupos, assumem naturalmente uma posição de liderança e não suportam ser contrariados. Já os piscianos, que têm essa casa regida por Saturno, são extremamente sensíveis a qualquer sinal de desrespeito ou desprestigio. Mesmo sem ter consciência ou intenção de fazer isso, o pisciano faz com que o amigo de Aquário se sinta inseguro, paralisado ou sem energia por causa dele. Em troca, o aquariano fica impaciente e explode com facilidade. Na verdade, os dois, como muitas outras pessoas, têm ritmos diferentes. Isso vai aparecer claramente nos momentos em que for preciso sincronizar os desejos. Em geral, toda vez que um quiser alguma coisa, o outro vai dizer que não tem a menor vontade... Com muita maturidade, os dois podem usar essa tensão de maneira construtiva. O pisciano pode estabilizar e direcionar a energia do parceiro de Aquário, tornando sua ação menos autoritária e onipotente. E o aquariano pode estimular as ambições do amigo de Peixes, tornando sua ação mais positiva.

2 comentários:

*May Lopes disse...

Uhul!
Arrazou hem...lindo texto!

dehlopes_ disse...

oi bobalhona, queria ver nossas fotos que a senhorita disse ter postado e vim aqui e nada ¬¬ beeiju jú

Postar um comentário

Espaço para comentários e críticas.