Perfil da Blogueira

Minha foto
Juliane Oliveira
"Toda vez que você desiste de um sonho, é uma parte do seu futuro que deixa de existir!"
Visualizar meu perfil completo
Feeds RSS
Feeds RSS

28 maio 2010

Dicas para cuidar dos fios

1-Prevenção

Como maneira de prevenção, aposte em cuidados especiais, hidrate as madeixas semanalmente em casa e quinzenalmente no salão. Além disso, repare as pontinhas de três em três meses, no máximo.

“Mesmo que a pessoa cuide muito dos fios, eles não deixam de sofrer o efeito do envelhecimento e do desgaste natural. Sendo assim, o corte freqüente é necessário para todas. Se a pessoa mantiver a saúde dos fios sob controle, certamente no período de três meses vai precisar aparar no máximo um centímetro do fio”, garante Marina Silveira, do salão Sammy Class.

- Durante a lavagem, não deixe cair água quente no couro cabeludo. “Isso pode irritá-lo, gerar feridas e deixar os fios mais ressecados”, alerta Rosely Grossmann, química responsável pela formulação da linha Éh Cosméticos.

- Proteja as pontas dos cabelos com leave-in hidratante em de preferência com FPS. “O leave-in é um ótimo aliado contra o ressecamento das pontas. É bom usar sempre”, indica Marco Antonio de Biaggi, o cabeleireiro das famosas.

- Seque os cabelos com no mínimo 15 centímetros de distância entre o secador e os fios e procure passar um protetor nos fios antes de secá-los.

- Lave os cabelos no mínimo em dias alternados. “No Brasil, não temos a necessidade de lavarmos menos os cabelos. Dá para lavar todo dia, sim, e isso evita o acúmulo de impurezas e mantém o fio sempre limpinho, além de evitar o ressecamento crescimento dos mesmos”, afirma Rosely Grossmann.

- Procure pentear seus cabelos começando pelas pontas e depois subindo, de preferência com um pente de madeira.

- Jamais prenda os cabelos enquanto estiverem úmidos ou molhados.

- Se você faz chapinha, descolore, é adepta da escova progressiva, dos alisamentos e dos relaxamentos, e frequentemente tinge os fios, melhor cuidar melhor deles. Procure produtos específicos para cabelos quimicamente tratados.

- Mesmo que seu cabelo seja o que chamamos de “virgem”, não deixe de fazer hidratações em casa. Uma vez a cada quinze dias é suficiente.

2- Tratamento

Como não queremos enganar você, seremos curtas e grossas: O tratamento das pontas duplas é o corte dos cabelos e ponto final. “Só mesmo cortando para eliminar esse problema”, confirma a cabeleireira Marina.

Apesar disso, o cabeleireiro Robson Trindade, do Red Door, um verdadeiro um esquadrão antipontas duplas. Primeiro, preparou uma lavagem especial que esfolia os fios e faz uma máscara de colágeno para fortalecer as fibras e hidratar o cabelo. A ação do colágeno é potencializada com a ajuda de laser, que aumenta a absorção e ajuda na restauração do fio.
Para potencializar o efeito da lavagem, na seqüência, é feito um corte especial com uma tesoura que alcança 120ºC e cauteriza a ponta.
Se o seu medo é que o corte mexa no comprimento dos fios, aposte no “corte bordado”, ideal para eliminar apenas as pontinhas mais estragadas.

3- Disfarce

A boa notícia é que se você vai a um evento importante, quer impressionar alguém ou apenas dar uma aliviada naquele aspecto “palha” que seus cabelos apresentam, dá pra disfarçar as pontas duplas gastando bem pouquinho e obtendo resultados certeiros, porém, não duradouros.
Para esse “make capilar” os dois melhores aliados são os leave-in – novamente eles - e os reparadores de silicone. Ambos são recursos de emergência, que agem colando as pontas apenas até a próxima lavagem. Eles formam uma película que protege o fio contra as agressões externas e evita a perda de água, melhorando a hidratação. Além disso, esses amiguinhos também têm o poder de proteger o fio por fora, o que garante que a estrutura interna ganhe tempo para se fortalecer, sem precisar brigar com o meio externo.

“O silicone e os óleos reparadores de pontas auxiliam muito, mas desde que usados apenas nas pontas. Por isso, recomendo que as mulheres carreguem um vidrinho na bolsa, pois esses finalizadores também ajudam a assentar os fios e a manter o penteado por mais tempo", garante Celso Kamura.

Se você for adepta do silicone e passá-lo diariamente, utilize um shampoo anti-resíduo uma vez por semana para retirar o excesso desse produto e limpar os fios profundamente.
Outra dica é, juntamente com o uso de silicone, dar uma difarçadinha com grampos, um rabo-de-cavalo e até alguns acessórios mais exóticos, como uma faixa ou um lenço, por exemplo. Use sua imaginação, mas só não abuse muito para não quebrar e ressecar ainda mais os fios. Proteja-os bem.

4- Balela pura

Alguns mitos a respeito das pontas duplas precisam ser desmascarados para o seu bem e o bem do seu bolso. Confira:

- Se você compra reparadores de pontas achando que eles vão selar as escamas novamente e indefinidamente, esqueça. O efeito dura apenas até a próxima lavagem.

- Shampoos e condicionadores que prometem acabar com as pontas duplas são mentirosos. Eles podem preveni-las, se forem grandes emolientes e hidratantes. Funcionam nesse caso como prevenção, e não como tratamento.

- Não acredite que seus fios devam ser lavados no mínimo uma vez a cada dois dias. Eles podem, sim, serem lavados diariamente. “A falta de lavagens deixa o cabelo com acúmulo de impurezas, deixa a raiz oleosa e, por fim, resseca as pontas”, explica a especialista Rosely Grossmann.

- Mesmo que você hidrate os cabelos e que a saúde deles seja ótima, é necessário aparar as pontinhas de três em três meses.

- Vitaminas, anticoncepcionais e simpatias não adiantam e não vão “restaurar” as pontinhas desgastadas.

- Uma boa alimentação ainda pode ser uma forte aliada para a saúde e o “não-ressecamento” dos fios. Não confie apenas nos produtos.

- Para disfarçar as pontas duplas, utilize o silicone apenas nas pontinhas mesmo, o restante dos fios já possui uma oleosidade natural e não precisam desse tipo de produto.

1 comentários:

*May Lopes disse...

Eh...eu realemente não cuido da minha juba!
kkkkkk
bjão!

Postar um comentário

Espaço para comentários e críticas.