Perfil da Blogueira

Minha foto
Juliane Oliveira
"Toda vez que você desiste de um sonho, é uma parte do seu futuro que deixa de existir!"
Visualizar meu perfil completo
Feeds RSS
Feeds RSS

01 julho 2010

Dúvidas,Dúvidas, Dúvidas...

Bom dia bailarinas, hoje acordei cheia de dúvidas. Dúvidas sobre o futuro, todas nós que amamos a dança sabemos que ter a dança como profissão não é fácil, também não é a melhor forma de ser uma pessoa bem sucedida financeiramente falando.
Mas e nós que não moramos perto de grandes escolas de dança e nem de grandes cias, qual é a opção que temos?
Não tenho planos de viver dando aulas de ballet em uma cidade em que não se investe nada em dança.
Não teria futuro, eu quero muito mais além disso, quero sim ser uma grande bailarina e porque não?
Mas pra quem acha que ser uma bailarina bem sucedida é fácil esta muito enganado, porque se leva oito anos para poder dar aulas e se "formar" como uma "verdadeira" bailarina. Trabalhar com informática (me formo no final do ano como técnica em informática) e fazer uma faculdade me levariam mais rápido para o sucesso. Mas que sucesso? Sucesso financeiro? Todos precisam se alimentar, morar em uma casa, pagar contas , mas pra tudo isso acontecer precisamos do nosso salário no final do mês . E agora?!?

Será que sonho alto demais? Será um sonho quase impossível?



                                                                                       obs: preciso da opinião de quem quiser ajudar!
                                                                                                                Obrigada


        

7 comentários:

Coisas de Gabi disse...

Há pelo menos 20 escolas de ballet no mundo em que se vale apena estudar e/ou trabalhar! E pra ser bem sucedida financeiramente você tera que batalhar pra alcançar alguma delas.. ou, pelo menos, tentar! Olha Ju, sinceramente eu acho que se temos duas opções, devemos ficar sempre com a terceira, pois se voce tem duvida entre uma delas, é porque não ama verdadeiramente nem uma e nem outra. Boa sorte em suas escolhas...

Syl disse...

Primeiro, responda para você mesma a pergunta: o que é ser profissional da dança.
Escreva a resposta num caderno e vá conhecer uma faculdade de dança, fazer audições...
Compare a resposta do caderno com o que você está vendo. E depois compare você com as pessoas ao seu redor.
Perceba se você está preparada, e tente descobrir se as pessoas te vêem como você se vê.
Você tem que ser boa o suficiente para que as pessoas paguem para você dançar.
E nunca se esqueça: você não precisa deixar de amar a dança ou parar de dançar só porque não será profissional da dança.
O caminho da vida nunca é uma linha reta. E você é a única capaz de saber como traçará esse caminho.
Bisous

Pri C. Figueira disse...

Questão difícil...
Mas o que posso dizer!? Pondere, pense, reflita e infelizmente essa é uma questão que apenas vc pode responder.Na minha vida tenho compreendido que há tempo para tudo e muitas coisas por mais que eu ame, sei que não é possível e mesmo assim, isso faz com que eu ame menos ou deseje menos. Outro ponto é que nem tudo o que desejamos é para nós...
Por exemplo, comecei a dançar com 20 anos, já possuía as limitações do meu corpo, a minha vida já estava estruturada e trilhando um caminho que só depois o ballet entrou. Eu adoraria trabalhar com dança, viver dentro de uma academia, mas sei que tenho limites físicos e também de oportunidade que me impedem, mas isso não faz com que me esforce menos ou deixe de desejar ardentemente de um dia trabalhar com aquilo que sou apaixonada!!
Eu apenas conheço meus limites e sei até onde posso ir. Isso é importante porque não traz frustração... Continuo estudando, fazendo aulas, quero muito fazer uma faculdade de dança e um dia trabalhar com isso, vou buscar, porém sei que jamais serei uma bailarina de um Bolshoi da vida ou um Cirque du Soleil. Nem busco isso, mas busco viver intensamente a dança até onde posso!

Um grande beijooo, espero que possas encontrar teu caminho!!

*May Lopes disse...

Sonhar de verdade e com o coração nunca é ser alto demais!
Vai fundo!

escrevendo com os pés disse...

A propósito, a vida não é sobre tomar a “melhor” decisão. A vida é sobre você se comprometer se engajar se dedicar fazer um pacto de sangue com a decisão que você tomou. Seja ela qual for.

Ricardo Jordão Magalhães
beijos

lilian disse...

Oi querida! Esbarrei no teu blog e acabei lendo ele inteiro! Então, vi que temos algumas semelhanças!

Sou de Porto Alegre (quase vizinhas hein?) tenho 30 anos e voltei apenas nesse ano para o ballet. Sou professora de ginastica, minha formação é em Ed Fisica. Há alguns anos larguei meus dois empregos de tec de enfermagem onde eu era bem remunerada para apenas dar aulas de ginastica. sim, meu salário diminuiu bastante, mas faço o que gosto e não me arrependo. Iniciei esse ano a faculdade de dança na Ulbra. Ainda não sei onde isso irá me levar. Amo a dança, quero ter um studio meu e apesar de não ter mais idade pra ser a primeira bailarina, me esforçarei para me tornar a melhor bailarina que eu possa ser.

Siga com seu sonho!Se quiser me add no msn: professoralilica@hotmail.com

Juu ' disse...

Oii Ju! Passando pelo seu blog, achei esse post'..... Bem! Pelo menos posso te dizer uma coisa: estudar 8 anos nem sempre é necessário! Minha professora só estudou 4 anos e já leciona aulas.. isso depende do desempenho, da disciplina e da dedicação! Enfim.. existem MUITAS Cia's aqui no Brasil mesmo.. Vai na fé! Beeijos !!'

Postar um comentário

Espaço para comentários e críticas.